Concessão de anistia: Sindicato consegue importante vitória na justiça e ecetista será reintegrado


Entenda o caso


O filiado Edson Pereira da Silva, trabalhador dos Correios desde o ano de 1975 e grande atuante do movimento sindical, foi demitido injustamente na data de 14/05/1990. Edson, assim como muitos outros representantes que lutavam pelos direitos da categoria, sofria perseguição política, pois participava de movimento grevista e era representante setorial dos trabalhadores dos Correios.


A Assessoria Jurídica do SINTECT-PE ajuizou uma ação de concessão de anistia contra a ECT e o Juiz Federal da 6ª Vara-PE determinou a reintegração do ecetista ao emprego nos Correios, além do pagamento de honorários advocatícios, fixo em 10% no valor da causa.


Perseguição política – De acordo com o sindicato, o período de 1989 a 1992 foi o que houve maiores perseguições e retaliações contra os trabalhadores em Pernambuco, principalmente aqueles que tinham grandes atuações em seus setores de trabalho e eram considerados Representantes Setoriais de Base. Na época, os jornais de grande circulação no Estado comprovavam a perseguição, denunciando as demissões desses representantes sindicais.


Fortaleça a luta por nossos direitos. Filie-se ao SINTECT-PE!