Recado aos Correios: proposta decente ou greve!


Na rodada de negociação com o comando dos trabalhadores, a empresa não apresentou uma proposta de reajuste salarial como havia prometido. Mais uma vez, a ECT demonstra desrespeito com a categoria, chegando na reunião com mais de uma hora de atraso e sem uma proposta decente para apresentar.

Caso os Correios não apresente uma proposta digna, não haverá outra alternativa aos trabalhadores e trabalhadoras que não seja deflagrar greve por tempo indeterminado. Estamos mais unidos do que nunca contra a retirada de direitos.

Precisamos também mobilizar a sociedade contra a privatização e em defesa dos Correios como empresa pública. Os Correios são a única instituição presente em todos os municípios brasileiros e, por isso, responsável pela integração nacional, unindo todas as cidades e municípios brasileiros através de cartas e encomendas. É autosustentável, não depende de recursos do Tesouro Nacional e emprega mais de 100 mil funcionários diretos e 300 mil indiretos responsáveis pelo atendimento, triagem, separação, entrega e coleta de mais de meio bilhão de objetos ao mês.

Assine o abaixo-assinado contra a privatização disponível aqui: ABAIXO_ASSINADO_CONTRA_A PRIVATIZAÇÃO DOS_CORREIOS

Use a arte da campanha em defesa dos Correios em seu perfil no Facebook: www.facebook.com/profilepicframes/?selected_overlay_id=1227553974113523