Correios continua agindo com ingerência, incompetência e descaso com a vida em meio à pandemia


Imagem do CDD Encruzilhada: O descaso da ECT com as unidades e trabalhadores sempre ocorreu, independente de pandemia

Ainda no final de fevereiro, os brasileiros tiveram conhecimento do primeiro caso oficial do novo coronavírus no Brasil. Daí para frente a rotina do país começaria a mudar, assim como acontecia em países do mundo inteiro. No mês de maio já completamos 02 meses de estado de calamidade pública sanitária em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Nós, trabalhadores e trabalhadoras dos Correios que atuamos na linha de frente, desde o início estamos sofrendo com o descaso dos Correios que continua ignorando as recomendações de segurança para evitar a contaminação pela COVID-19.


A ingerência, incompetência e desumanidade da ECT ficaram mais evidentes nesta crise sanitária. Os procedimentos adotados em relação à saúde dos seus funcionários vêm demonstrando que a empresa não tem o menor respeito pela vida destes. Apesar de toda cobrança feita pelas federações e sindicatos para que as medidas necessárias fossem adotadas, a direção dos Correios segue fechando os olhos para o problema. A realidade, não apenas em Pernambuco, mas em todo o país, é que sequer existe álcool em gel nas unidades. Para os Correios, trabalhador é só matrícula, não reconhece nele seu principal investimento. Uma prova disso é o exame periódico da pior qualidade.


Por conta desta atitude irresponsável, o coronavírus está, infelizmente, infectando e matando vários trabalhadores e trabalhadoras dos Correios em todo o Brasil. A empresa assiste passivamente, não solta uma nota de solidariedade aos companheiros e companheiras que já se foram ou aos que ainda seguem lutando contra a doença. Hoje já sabemos de mais de 200 casos de infectados. Com relação aos óbitos, oficialmente já são 9, porém esse número provavelmente é maior. Ao contrário, mente descaradamente no Primeiro Hora e no seu blog dizendo que já entregou máscaras, álcool em gel e painéis de acrílico em todas as 5.500 agências de todo o Brasil. Tudo uma grande mentira!


Para citar como exemplos mais próximos, o CDD Prazeres, onde falta até água para a higienização, já tem 19 trabalhadores afastados por suspeita de COVID-19, isto sem contar os demais casos suspeitos anteriores, mas que já cumpriram a licença médica. No CDD Encruzilhada foram 8 afastados e, vale ressaltar, que estes funcionários sempre acabam retornando ao trabalho após o período de isolamento, mas nem sequer são submetidos ao teste para verificar a real situação. Recebemos denúncias de agências do interior que também não têm água para lavar as mãos. A empresa só fornece 2 máscaras, em outros setores chega a ter apenas uma e o álcool em gel é de procedência duvidosa.


A ECT precisa deixar de falar apenas em equilíbrio financeiro e se preocupar em preservar a saúde dos seus funcionários. Essa pandemia vai passar, mas quantas mortes serão necessárias ou quantos precisarão ser infectados pela inoperância, ganância e desumanidade da direção da empresa? Os lucros não podem estar acima da vida! Denunciem o descaso da Empresa, o SINTECT-PE segue firme na luta pela proteção à vida dos trabalhadores, familiares e sociedade.


A sua vida em primeiro lugar!

SINTECT-PE sempre com você!

marca-correios-branca.png

Sindicato dos Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos em Pernambuco CNPJ 09.056.789/0001-77

 

SEDE RECIFE - Rua Dom Vital, 73, Santo Amaro, Recife -PE CEP: 50.100-100

SUBSEDE AGRESTE - Rua Alberto Guilherme Sobrinho, 22, Nossa Senhora das Dores, Caruaru-PE CEP 55004-151

SUBSEDE SERTÃO - Rua João Alfredo, 2017, Centro, Petrolina-PE CEP: 56306-080

fentect.png
csp-conlutas.png
  • facebook
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Branco Twitter Ícone