Trabalhadora ganha direito para ser transferida para unidade mais próxima de sua residência


A obreira SANDRA DANTAS ALENCAR ALVES relatou à Assessoria Jurídica do SINTECT-PE que após o fechamento da unidade dos Correios na qual trabalhava, a mesma foi transferida para outra unidade em local distante, que diante da situação agravada por conta de problemas de saúde, solicitou providência por parte do Jurídico, que ajuizou Ação Trabalhista. O Juízo da 20ª Vara do Trabalho de Recife deferiu o pedido de tutela de urgência determinando que os Correios transfira a trabalhadora para a unidade mais próxima da sua residência, no prazo de 10 dias úteis, contados da ciência da decisão, sob pena de multa diária de R$ 1.000,00.


Fortaleça a luta por nossos direitos. Filie-se ao SINTECT-PE!