STF irá julgar liminar que suspende os efeitos da cláusula que validava o dissídio coletivo


Imagem: Reprodução/Internet

A Assessoria Jurídica da FENTECT informou nesta sexta-feira (24) que o Ministro Dias Toffoli sinalizou com a data de julgamento da liminar que suspendeu os efeitos da cláusula 79 que validava o atual dissídio coletivo de trabalho por dois anos. O STF irá julgar também três artigos da cláusula 28 do plano de saúde. O julgamento será virtual, com início marcado para o dia 14 de agosto de 2020 e seu término somente ocorrerá em 21 de agosto de 2020.


“Esta assessoria jurídica fará memoriais e tentará contato com os Ministros do Supremo Tribunal Federal, envidando todos os esforços para que que o julgamento ocorra de maneira favorável aos trabalhadores”, afirmou Alexandre Simões, advogado da FENTECT.


Juntos somos fortes, unidos somos imbatíveis. Nenhum direito a menos!

SINTECT-PE na luta com você!