SINTECT-PE solicita documentação dos trabalhadores em coabitação para ação judicial

Atualizado: Jun 3


Desde o início da pandemia, a ECT vem se embasando na visão capitalista do presidente Bolsonaro e adota a política de que os lucros estão acima da vida. Isto fica evidente quando tivemos que ingressar com ações judiciais para garantir os EPIs, conseguir a paralisação das atividades no setor quando constados casos de COVID-19, bem como a desinfecção, além da luta para manter os trabalhadores e trabalhadoras na coabitação. Estamos fazendo todos esforços políticos e jurídicos para conter a voracidade do governo federal e da administração central dos Correios.


Agora, diante de mais um ataque, temos mais um embate pela frente na tentativa de continuar salvando vidas. Estamos solicitando aos trabalhadores em coabitação e àqueles que tiverem filhos em idade escolar e que são a única possibilidade de guarda do menor, uma lista de documentos necessária para ser enviada à assessoria jurídica do sindicato para entrada na ação judicial. Salientamos que as ações serão individuais, em forma de liminar, por isso pedimos a compreensão de todos (as), pois o volume das ações provavelmente será grande, gerando um pequeno atraso neste processo, mas nada que ultrapasse o intervalo de 48 horas. A documentação exigida estará ao fim deste informe.


A solicitação do SINTECT-PE continua sendo a mesma: Quem tiver condições de atender o chamado da ECT para retorno às atividades presenciais, a partir da próxima segunda-feira, 01 de junho, dirija-se ao seu local de trabalho desde que não coloque em risco a vida de familiares e nem os coloque numa situação de vulnerabilidade. Alertamos que a chefia imediata foi orientada pela direção central dos Correios a colocar falta naqueles (as) que não se apresentarem nesta data, mas ATENÇÃO: Em caso de prejudicar a saúde e arriscar a vida dos seus familiares ou deixá-los em situação de vulnerabilidade, NÃO SE APRESENTE. Contamos com a colaboração da categoria para frear mais este ataque do governo Bolsonaro e da ECT.


DIRETORIA COLEGIADA DO SINTECT-PE

#TODAVIDAIMPORTA


Segue abaixo a lista de documentação para ser enviada pelo whatsapp ou email:

1) RG; 2) CPF; 3) Comprovante de Residência, de preferência no nome do trabalhador/a; 4) Informação de estado civil; 5) Ficha Cadastral (disponível no App Sou Correios); 6) Última Autodeclaração, resposta dessa autodeclaração e algum comunicado ou convocação para o retorno a partir do dia 01.06, se houver; 7) e-mail; 8) Último contracheque; 9) Documentos que possam auxiliar o pedido de permanência na coabitação junto ao Tribunal, como por exemplo:


- De familiar que faz parte do grupo de risco (laudo, exames, declarações etc.);

- De filhos em idade escolar ou inferior (declaração afirmando que o menor está sob seus cuidados, não havendo possibilidade de recorrer a creches ou estabelecimentos de ensino devido ao fato de estarem fechados por força de decreto).


WhatsApp da Assessoria Jurídica: 81 98971 5300 (Este contato será exclusivamente para serviços de whatsapp, sendo assim apenas envio de texto, fotos etc. Pedimos a compreensão de todos e todas para que não façam ligações para este contato. Não receberemos ligações neste número, seja da forma convencional ou por áudio e vídeo.)


Números para contato com Assessoria Jurídica 👇🏼

81 3137.6637 / (Tim) 9.9859.2833 / (Claro) 9.9473.0180

Email: siqueirasolucoesjuridicas@gmail.com

marca-correios-branca.png

Sindicato dos Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos em Pernambuco CNPJ 09.056.789/0001-77

 

SEDE RECIFE - Rua Dom Vital, 73, Santo Amaro, Recife -PE CEP: 50.100-100

SUBSEDE AGRESTE - Rua Alberto Guilherme Sobrinho, 22, Nossa Senhora das Dores, Caruaru-PE CEP 55004-151

SUBSEDE SERTÃO - Rua João Alfredo, 2017, Centro, Petrolina-PE CEP: 56306-080

fentect.png
csp-conlutas.png
  • facebook
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Branco Twitter Ícone