SINTECT-PE entra com pedido de tutela de urgência contra os descontos indevidos da greve


Entenda o caso: Em acordo assinado no dia 02 de outubro, em audiência realizada no Tribunal Superior do Trabalho, o vice-presidente do TST, Ministro Renato Lacerda Paiva, decidiu que os descontos deveriam incidir apenas sobre os dias úteis efetivamente parados e que os trabalhadores não teriam descontos nos vales alimentação ou refeição, respectivamente.


Mas infelizmente a direção da empresa não respeitou a decisão do TST e não cumpriu o que foi determinado e assinado entre as partes. Diante da situação, o Sindicato dos Correios em Pernambuco ingressou com pedido de tutela de urgência contra os descontos indevidos da greve de 2019. Para conhecimento, o número da ação é

0001192- 54.2019.5.06.0019.


Esse é mais um reflexo do atual governo e da atual direção da ECT, que insistem na postura intransigente e na falta de respeito com a classe trabalhadora. O objetivo deste governo autoritário e da atual gestão dos Correios é punir os trabalhadores grevistas.


VAMOS FORTALECER A LUTA CONTRA A RETIRADA DE DIREITOS, JUNTE-SE AO SEU SINDICATO. SINTECT-PE SEMPRE NA LUTA!!