Só a mobilização garantirá uma campanha salarial vitoriosa


Até agora, não existe proposta oficial de reajuste econômico. Enquanto as negociações não avançam, a representação dos trabalhadores solicitou a manutenção do atual acordo. A FENTECT pediu também que as negociações transcorram de maneira democrática como acertado desde o início da campanha salarial.

Ainda na quarta-feira, em reunião com a Comissão de Saúde, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) apresentou uma sugestão de custeio para o plano de saúde. A ECT arcaria com 40% do custo do plano para os pais dos ecetistas, o que é um absurdo, pois a categoria não consegue arcar com 20% desse custeio, quanto mais 60%! Esse é mais um motivo para fortalecemos a nossa mobilização. Qualquer encaminhamento sobre isso deverá ser formalizado como proposta ao Comando Nacional de Negociação e Mobilização, para, em seguida, ser encaminhado para conhecimento dos trabalhadores nas assembleias.

O que está em jogo nessas negociações é o futuro de 100 mil trabalhadores e seus dependentes/familiares. Participe das reuniões setoriais e assembleias da categoria. Só uma forte mobilização garantirá uma campanha salarial vitoriosa. Vamos à luta!