Abandono e descaso faz justiça punir a ECT mais uma vez


Ar-condicionado quebrado; caixa d'água e cisternas sujas e sem manutenção; banheiros interditados; iluminação precária; goteiras e infiltrações; dentre outras irregularidades, foram os inúmeros problemas encontrados pelo Ministério Público em vistoria realizada no CDD Caruaru.


As irregularidades apresentadas na unidade, que já havia sido interditada pela defesa civil do munícipio, não estão em conformidade com a norma reguladora e tornam o ambiente de trabalho degradante e inadequado para os trabalhadores.


Por essas razões, a Quarta Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região confirmou a sentença da 2ª Vara do Trabalho de Caruaru/PE, determinando que sejam sanadas todas as irregularidades, além de determinar danos morais em favor do sindicato.


O SINTECT-PE reafirma sua luta ao lado da categoria para cobrar do Correios um ambiente de trabalho digno e sadio para seus trabalhadores (as).